Veja imagens da exposição de Giovani Caramello na Casa do Olhar

Gostou? Clique e Compartilhe:

Prossegue na Casa do Olhar até 24 de setembro exposição Introspecção do artista plástico Giovani Caramello, único escultor hiper-realista brasileiro. Nome relacionado aos maiores expoentes da técnica no mundo, Caramello faz novas experimentações em sua arte e apresenta ao público três instalações inéditas. A curadoria é do galerista da OMA Galeria, Thomaz Pacheco, que representa o autor.

O público poderá conferir peças inéditas na mostra, que é composta por três instalações e as primeiras esculturas em escala real.

Abaixo, entrevista com Caramello. Veja também fotos das obras do evento que levou à Casa do Olhar clientes, amigos e público para conferir a exposição.

A Casa do Olhar fica na Rua Campos Sales, 414, Centro, Santo André. Visitação de terça a sexta, das 10h às 17h; aos sábados, das 10h às 15h. Entrada gratuita.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estilo Angélica – Como foi ver a reação das pessoas durante a abertura? Divida um pouco da sua experiência.

Giovani Caramello – Foi muito bom e revigorante. Durante a abertura eu ainda estava sob efeito do cansaço. Para essa exposição eu trabalhei muito duro e por conta do curto prazo, com muito estresse.  Confesso que foi meu maior desafio até hoje e foi muito desgastante, e quando vi a reação do público parece que tudo isso sumiu, se transformou em satisfação e sensação de dever cumprido. Fiquei muito feliz.

EA – Como você se sente expondo na Casa do Olhar – um espaço representativo para Santo André?

GC – Sinto-me muito feliz por ter a oportunidade de ocupar um espaço tão bonito e representativo para cidade. Alguns anos atrás eu passava em frente e sempre imaginava: “que legal seria um dia poder expor aqui”. Já era um lugar que eu estava mirando.

EA – O que podemos esperar de Giovani Caramello nos próximo meses? Tem alguma exposição agendada?

GC – Bom, durante os próximos dois meses estarei reproduzindo duas peças da exposição passada. São peças que entraram para uma coleção importantíssima na Bahia. Em paralelo, estarei estudando projetos futuros para outros museus, em São Paulo. E também farei minha primeira participação em uma feira de arte contemporânea com alcance internacional, a ArtRio, no mês de setembro.

Fotos: Renato Bueno

Gostou? Clique e Compartilhe:

Posts relacionados

Deixe um comentário: