Superação: karatê adaptado reúne apoiadores e alunos na Smart Fit no Shopping Metrópole

Compartilhe:

Este slideshow necessita de JavaScript.

FOTOS: Enrique Gonzalez (www.dardomora.com.br) para Estilo Angélica

Com a presença da deputada federal Mara Gabrilli, a turma das aulas de karatê adaptado do projeto Superando Seus Limites fez demonstração na tarde de ontem na unidade da Smart Fit no Shopping Metrópole, em São Bernardo. A apresentação foi acompanhada também por familiares dos alunos e convidados, entre os quais Rialdo Tavares, representando o Conselho Regional de Educação Física, e o empresário Fábio De Nadai.

A recepção foi feita por Naura De Nadai, proprietária da academia são-bernardense e na qual, pioneiramente, são disponibilizados gratuitamente horários da sala de ginástica para a modalidade. As aulas são conduzidas voluntariamente pelos senseis Fabiano Evangelista e a mulher, Rosana Yuasa Evangelista, fisioterapeuta encarregada na Casa da Esperança e responsável pelo desenvolvimento da metodologia aplicada ao projeto.

Antes da apresentação dos alunos, Naura lembrou que as aulas tiveram start em 2011, na unidade Bio Ritmo de Santo André, tendo à frente na época Naura De Nadai e Rialdo Tavares.

MADRINHA

A iniciativa foi a união de idealismo e nasceu a partir do desejo da saudosa dona Elza Angélica De Nadai, sogra de Naura e primeira madrinha do projeto. “Na época, eu acompanha a dona Elza às sessões de fisioterapia com a Rosana”, contou Naura. Foram nessas ocasiões que Rosana contou sobre os benefícios de ampliar o atendimento com atividades físicas para pacientes.

Sensível, dona Elza enxergou a possibilidade melhorar a qualidade de vida de cadeirantes com a prática do karatê adaptado. Rosana desenvolveu método que há sete anos é aplicado a pessoas com quadros clínicos diversos, como Síndrome de Down, autismo, esclerose múltipla, paralisia cerebral. Atualmente, a turma do Smart Fit é composta por 28 alunos.

Maior representante dos deficientes no Congresso Nacional e também madrinha do Superando Seus Limites, Mara Gabrilli falou sobre a importância de buscar a superação. Deu como exemplo ela própria: tetraplégica há 22 anos, contou que começou a movimentar as mãos e o pescoço. “Estou emocionada. Quero parabenizar a todos e fico feliz por ver o desenvolvimento dos alunos, muitos dos quais eu acompanho desde o início da ação”, acentuou ela, que foi homenageada com flores.

FORÇA

“Conquistei concentração e equilíbrio tanto físico como emocional com as aulas”, conta Paulo André Trafani Martins, 35 anos, que nasceu com paralisia cerebral. Ao Estilo Angélica, ele relatou que antes do karatê adapatado seus movimentos eram bastante restritos, assim como seu ânimo. “O projeto me deu força e hoje sei do que sou capaz”, reforça.

Rosana reforça que o projeto também está aberto para os familiares dos participantes, como forma de estímulo e maior integração. Muito feliz pelos resultados e o exemplo de vida dado pelos alunos, Naura acrescenta que as aulas são às segundas e quartas-feiras, em dois horários, e estão abertas gratuitamente para os interessados, que podem se informar como participar na Smart Fit (http://www.smartfit.com.br/unidades/shopping-metropole).

Posts relacionados

1 Response

  1. Rosana Yuasa Evangelista disse:

    Puxa que bacana!!!!!
    Reportagem retratada com muita qualidade!
    Obrigada

Deixe um comentário: