JALAPÃO ÚNICO É AGÊNCIA IDEAL PARA GUIAR O TURISTA

Compartilhe:

ESTILO ANGÉLICA – O ABC DO MELHOR PARA VOCÊ


Considerada uma das maiores de vegetação nativa do País, o Jalapão, no Tocantins, tem atraído cada vez mais interesse dos amantes do ecoturismo e viagens de aventura


  • Explore com segurança cachoeiras, corredeiras, dunas alaranjadas, fervedouros, nascentes, paredões, oásis de vegetação, além de permitir com segurança a realização de safári fotográfico
  • Com representação em Santo André, a agência Jalapão Único conta com equipe formada por guias experientes e estrutura necessária para acomodação, transporte em veículos 4X4.
 
Abaixo, conheça um pouco mais o Jalapão e veja sugestão de um dos roteiros da agência  Jalapão Único  
Foto: Rafael Morais/Governo Tocantins

Foto: Rafael Morais/Governo Tocantins

Terra do capim dourado, cuja palha de tonalidade singular se tornou famosa ao ser  usada para objetos de decoração, bijuterias e acessórios de moda, a região do Jalapão possui a maior área remanescente do bioma do Cerrado.

Com clima de savana, no Jalapão se encontram importantes afluentes dos rios Tocantins e Paranaíba, corredeiras e inúmeras cachoeiras, grandes chapadas, rios e córregos com águas cristalinas, além de fervedouros. 
Diversas formações rochosas revelam uma mistura de cores e formas incríveis.
Fervedouro do Alecrim foto Emerson Silva - Governo do Tocantins

Fervedouro do Alecrim foto Emerson Silva – Governo do Tocantins

Em função da presença de ecossistemas diversificados, a região abriga espécies endêmicas, raras e ameaçadas de extinção, como a arara azul, o lobo-guará, a onça-pintada, o tamanduá-bandeira e o pato-mergulhão.

PRESERVAÇÃO

É patrimônio ecológico e biológico de grande relevância. A preocupação em manter preservada essa incrível riqueza natural é representada pela presença de vários instrumentos de conservação como o Parque Estadual do Jalapão, o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba, a Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins e a Área de Preservação Ambiental (APA) Serra da Tabatinga e a do Jalapão.

Serra do Gorgulho Foto de José Maria de Araújo - Arquivo Pessoal (site governo de Tocantins)

Serra do Gorgulho
Foto de José Maria de Araújo – Arquivo Pessoal (site governo de Tocantins)


ROTEIRO CINCO DIAS


 

Dia 1 –  PALMAS/TAQUARUÇU/  PONTE ALTA
Saída de Palmas, às 8h 
Visita à cachoeira da Roncadeira, em Taquaruçu 
Almoço 
Visita ao Cânion Sussuapara 
Pôr do Sol na Pedra Furada
Jantar e Hospedagem em Ponte Alta  
Dia 2 – Saída, às 7h30
Chegada à comunidade,  às 11h30 para almoço 
Visita à prainha do Pitico (tempo livre para banho)
Pôr do Sol nas Dunas 
Jantar e Pernoite em Mateiros 
 
Dia 3 – Volta dos Fervedouros
Visita ao Fervedouro dos Buritis
Fervedouro do Ceiça
Almoço na Dona Alaides 
Visita ao Mumbuca (comunidade Quilombola e berço do artesanato com Capim Dourado)
Fervedouro Encontro das Águas 
Jantar e Pernoite em Mateiros
 
Monumento natural dos Canions do rio do Sono - Foto - Divulgação - Rafael MoraisDia 4 – Volta dos Fervedouros
Cachoeira do Formiga
 Almoço na Dona Alaides
Fervedouro do Rio do Sono
Fervedouro Buritizinho
 Jantar e Pernoite em São Felix 
 
Dia 5 – JALAPÃO/ PALMAS
Fervedouro Bela Vista
Fervedouro Alecrim
Cachoeira das Araras
Almoço 
Serra da Catedral e Morro Vermelho
Retorno a Palmas

Preço: O pacote de cinco dias no parque custa R$ 3 mil, saindo de Palmas (parte terrestre) e inclui guia especializado, hospedagens no parque em quarto duplo, todas as refeições (exceto bebidas), entrada nos atrativos, serviço de bordo no 4×4 e seguro viagem. 


Mais informações e contato pelo telefone 11 98383-0065


 

Posts relacionados

Deixe um comentário: