Gastronomia do bem

Compartilhe:

cooking-947776_640

A gastronomia dá um tempero especial para as ações beneficentes neste mês. Restaurantes paulistanos e a Padaria Brasileira destinam parte da venda para, respectivamente, a Fundação Dorina e a Padaria Brasileira.

Outro bom exemplo é a marca Dona Hortê. Além de apoiar  jantar da Fundação Cafu realizado na noite de ontem, passa a integrar a lista de patrocinadoras da instituição.

Confira as contribuições saborosas e ajude você também!

 

CARDÁPIOS

A 3ª edição do roteiro gastronômico Um bem Que Dá Gosto, uma iniciativa da Fundação Dorina Nowill para Cegos, reunirá até o dia 31 diversos estabelecimentos que destinarão ao instituto parte da verba arrecadada com a venda de um prato especial do menu. Entre os restaurantes e cafés estão os famosos Paris 6, Tantra, Chocolate Du Juor e Pecorino, a lista completa você acessa em www.fundacaodorina.org.br/umbemquedagosto.

 

SONHOS

A padaria Brasileira em parceria com a Apae Santo André promove, pelo quarto ano consecutivo, o Alimente esse Sonho. Até o dia 31 de outubro os clientes que comprarem o pacote com dez unidades do famoso sonho da Brasileira irão colaborar, automaticamente, com R$ 3,00 que serão revertidos para os projetos desenvolvidos pela Apae Santo André. A ação também irá proporcionar atividades aos alunos da instituição nas diversas unidades da padaria. De 2012 a 2014 mais de 400 mil sonhos foram vendidos para a ação.

 

ARROZ-DOCE

Junior Leite, da franquia de arroz-doce Dona Hortê participou como apoiador ontem do 3º Jantar Beneficente da Fundação Cafu. O evento, que reuniu famosos, esportistas e empresários, teve como objetivo agradecer a todos que contribuíram com a Fundação Cafu no ano de 2015. A Dona Hortê também passa a ser uma das patrocinadoras da causa, destinando mensalmente doações destinadas ao atendimento de crianças e jovens no esporte, arte, atendimentos à saúde e investimentos no ensino profissionalizante e geração de renda. “Acredito no trabalho de entidades sérias. Acompanho o trabalho da Fundação Cafu e sempre achei fantástico. Poder apoiar o trabalho de maneira mais ativa é uma verdadeira realização”, afirma Leite.

Posts relacionados

Deixe um comentário: