Casari encara o desafio do crescimento para 2016

 

Foto: Celso Lima O casal de empresários Roseli e Milton Casari ladeado pelo filhos André e Roberto

Foto: Celso Lima
O casal de empresários Roseli e Milton Casari ladeado pelo filhos André e Roberto

A situação política do País, a crise econômica e a alta da inflação e dos juros não são favoráveis ao mercado imobiliário. Mas para o empresário Milton Casari, da Casari Imóveis, há motivos para ter confiança no ambiente de negócios em 2016. Um dos principais é o movimento, iniciado nos últimos anos, de atração da classe média paulistana para as cidades do ABC, por conta dos preços mais baixos dos imóveis.

Recente estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para a revista Exame apontou que o preço médio dos imóveis novos está na faixa entre R$ 5,3 mil (em Santo André, São Bernardo e Diadema) e R$ 6 mil (em São Caetano) por metro quadrado, contra R$ 7,7 mil em São Paulo. Outro levantamento, este do Grupo Brasil Brokers, concluiu que mais de 70% das unidades lançadas em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema entre março de 2012 e março de 2015 foram vendidas.

A proximidade com a capital paulista, a boa infraestrutura das cidades e a perspectiva de melhoria do transporte público com a implantação da linha 18/ Bronze do monotrilho devem continuar atraindo um público de maior poder aquisitivo para morar na região, acredita Casari.

Vice-presidente da Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradores do Grande ABC (Acigabc), ele avalia que a finalização do rodoanel é outro fator positivo, pois atrai empresas para cidades onde antes o acesso era mais restrito (como Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra). E, com elas, os funcionários e suas famílias. O surgimento de novas faculdades e da Universidade Federal do ABC traz ainda para a região um público estudantil, também em busca de moradia.

“O ano de 2016 será menos difícil para o Grande ABC porque os imóveis aqui estão mais baratos que em São Paulo e a região tem muitos serviços. Sou otimista porque a região tem um perfil industrial que gradativamente está migrando para comércio e serviços de qualidade”, aponta o empresário, que para o ano que vem já pensa em abrir uma terceira unidade em São Bernardo e até mesmo uma em Santo André.

 

EMPREENDEDORISMO

Fundada em 1987 por Milton (que já era do ramo imobiliário) junto com a mulher, Roseli, sua sócia (que cuida da parte administrativa), a Casari Imóveis tem a sede no Jardim do Mar, em São Bernardo, e uma filial no bairro Assunção.

Com a intenção de ter seu próprio negócio, Milton aproveitou a oportunidade de adquirir ponto comercial na avenida Kennedy (já muito concorrida àquela época) para abrir a empresa, especializada na venda e locação de imóveis de terceiros.

Com o crescimento, passou a oferecer serviços agregados, como assessoria para obtenção de financiamento junto à Caixa, assessoria jurídica e seguros (em parceria com a Porto Seguro). Também faz parcerias com arquitetos que trabalham na elaboração de projetos para quem quer reformar ou decorar o imóvel adquirido.

No negócio da família trabalham ainda os filhos Roberto, que cuida da parte comercial e de marketing, e André, na área administrativa. Também otimista, Roseli Casari não teme as dificuldades que possam vir. “Mesmo em tempos difíceis, sempre fomos para a frente. Por isso, para 2016 estou esperançosa, apesar da situação do País”, anima-se ela.

Texto: Eliane Pereira

Posts relacionados

1 Response

  1. Riad disse:

    Parabéns

Deixe um comentário: