Banqueteiro dá dicas (preciosas) para receber no Natal e Ano-Novo

Compartilhe:
Fotos: Acervo pessoal Mesa clássica para o Natal; arranjos florais dão leveza ao visual

Fotos: Acervo pessoal
Mesa posta em estilo clássico para o Natal; arranjos florais conferem leveza ao visual

Concorrido banqueteiro da região, Raul Fornero (www.raulfornero.com) concedeu entrevista ao blog Estilo Angélica com dicas especiais para anfitriões que desejam fazer bonito na hora de servir os convidados em casa no Natal e no Réveillon. A seguir, as preciosas sugestões.

Quais são suas lembranças gastronômicas do Natal?

Natal é uma festa familiar. Tem toda uma tradição que passa de geração para geração. Lembro de minha avó colocando os sete netos para fazerem capeletti na véspera de Natal. Ela também comprava um cabrito, que era preparado com vinho tinto e um filete de aliche.

A ideia é seguir a tradição? Quais são as suas sugestões de petiscos e entradas?

Não é por ser tradição que não podemos inovar. Sugiro, para ficar descontraído, um queijo brie numa raclete com geleia de damascos derretendo aos poucos, acompanhado com uma ciabatta rasgada com as mãos. Outra opção são bruschettas de brie com maçã verde e pingo de mel para adoçar o paladar. Legal também é preparar bruschettas de panetone. Recheie com lâminas de pera passadas no limão siciliano e com flor de presunto de Parma em cima.

E para quem evita ou tem restrições à carne?

Quem é vegetariano pode fazer crudités de legumes como se fosse bisqui. Corte no comprimento cenouras, abobrinhas e berinjelas. Em paralelo, asse pão de forma, triture e misture com sal grosso. Passe os filetes de legumes em clara e empane. Coloque para assar. Sirva em taças de vinho e deixe perto uma pasta de gorgonzola com nozes e um molho tarê japonês.

E para a ceia?

Que tal um chester dessossado com recheio de castanha portuguesa triturada no molho de laranja e vinho branco? Tem também o tradicional tender bolinha. Há, ainda, a versão peito de peru quem não gosta de carne de porco. É só bater uma lata de pêssego com três colheres de mostarda Dijon. Faça uma cama de papel alumínio e pronto!

Peixe pode ser servido na ceia?

Peixe é uma boa pedida: asse um filé de salmão temperado com alho-poró e azeite com fatias de queijo gouda. E embrulhe em massa folhada. Fatie e pronto, é uma delicia. Para o velho salpicão, acrescente itens como frango defumado, erva-doce, salsão, uvas Thompson e creme de leite com um leve toque de catchup.

Como sair lugar-comum do sorvete como sobremesa?

Faça mil folhas. Triture pistache, misture ao creme patissiere e salpique açúcar de confeiteiro. Pronto, ceia pronta!

Quais são suas dicas para montar uma mesa de Natal?

Traballhe com uma mesa tradicional, com tudo que tem direito ou brinque com jogos americanos de canutilho vermelho para dar brilho. Faça porções individualizadas de finger foods em caçarolinhas individuais. Trabalhe com alturas diferentes de travessas e com as próprias taças de vinho. Coloque taças sobre um espelho. Encha copos com pérolas e bolinhas natalinas vermelhas de diversos tamanhos

Qual é a sua sugestão de bebidas?

Vamos nos reportar ao passado, quando nossas avós faziam ponche com frutas picadas como pêssego, maçã e abacaxi, guaraná e champanhe. Bem gelado fica muito refrescante. Ou a sangria, uma bebida espanhola que é muito refrescante. Fica linda em jarras com as frutas picadas

Qual é a diferença principal em relação principal em relação aos preparativos de Natal?

No Ano-Novo, as pessoas querem mais é se divertir. Portanto, menos formalidades. Deixe as pessoas mais à vontade.

Qual é a melhor forma de servir para o Réveillon?

Tudo informal, tipo americano.

Sugere qual cardápio?

Comidas leves, como casquinha de siri ou um peixe branco. Um filé de peixe com molho de camarão. Uma mousse de aspargos com calda de alcachofras no azeite. Talharim black de tinta de lua com molho de cogumelo Paris. Nada pesado. Para sobremesa, carpaccio de frutas com caldas diversas.

E bebidas?

Um champanhe ou espumante bem gelado do começo ao fim. Vai bem, ainda, água aromatizada com rodelas de limão siciliano, hortelã e capim santo. Derreta o açúcar em uma calda de caramelo, jogue raspas de gengibre e acrescente muito gelo e água.

Como tornar a decoração da mesa atraente?

Use detalhes de sua casa, como peças de vidro que você tem. Deixe a decoração a mais personalizada possível para seus convidados sempre lembrarem de suas características. Um detalhe gostoso: compre um aromatizador e borrifique um aroma. Seus convidados sempre que sentirem o cheiro vão lembrar do momento agradável que passaram em sua residência.

Posts relacionados

2 Responses

  1. Maria Paula Rizzo disse:

    Amei as dicas do Rauzinho!
    Quem sabe cozinhar, não precisa nem das receitas e pode preparar tudo o que foi sugerido!

    • Angélica K. Nicoletti disse:

      Maria Paula, o Raul é craque mesmo. As dicas que ele deu são sensacionais e capazes de tornar as festas inesquecíveis. Bjs

Deixe um comentário: