Acerte na escolha da poltrona com as orientações da Paschoal Ambrosio

Gostou? Clique e Compartilhe:

 Logo UA Santo André 1


ESTILO ANGÉLICA – O ABC DO MELHOR PARA VOCÊ


Foto: Divulgação || Diferentes Poltronas da Paschoal Ambrosio: Modelo floral em linho; peça azul em jacquard e dois modelos revestidos de couro

Foto: Divulgação || Diferentes Poltronas da Paschoal Ambrosio: Modelo floral em linho; peça azul em jacquard e dois modelos revestidos de couro

Sinônimo de conforto e sofisticação, a poltrona é um móvel tão versátil que pode mudar completamente a cara de um espaço ou dar aquele toque final a um projeto. Disponível em diversos estilos, do clássico ao contemporâneo, e com variedade de materiais e desenhos, a peça pode integrar todos os ambientes. A Paschoal Ambrosio, empresa de estofados com mais de sete décadas de experiência, revela como escolher o melhor modelo para a sua casa.

Foto: Cacá Bratke Poltrona colorida em veludo alegra a decoração do quarto, projeto do escritório Zize Zink Arquitetura e Interiores

Foto: Cacá Bratke
Poltrona colorida em veludo alegra a decoração do quarto, projeto do escritório
Zize Zink Arquitetura e Interiores

Mix de Estilos

Na hora de compor a decoração, a principal dúvida dos clientes é se existe uma regra para combinar as peças. Luiz Fernando Ambrosio, diretor de experiências da empresa, explica que a poltrona não precisa ter, necessariamente, a mesma linguagem do sofá. “Pode ser usada uma poltrona mais clássica junto com um sofá contemporâneo e vice-versa”, afirma. O mesmo vale para diferentes tecidos, texturas e estampas, sempre deixando um dos elementos mais neutro –sofá ou poltrona – para que o outro possa se destacar.

Bem-vinda em todos os ambientes

A poltrona cai bem em praticamente todos os cômodos, porém nem sempre ela deve ter o mesmo formato. No caso da peça para o home theater ou área de descanso, a exemplo do quarto, vale escolher um modelo com encosto mais alto e espuma mais mole, pois ele acomodará melhor as costas, além de estimular o relaxamento do corpo e servir para uma agradável leitura. Para living, hall ou espaço de visitas, onde não há o uso contínuo da poltrona, é possível pensar em um encosto mais baixo e uma espuma mais firme no assento.

Manutenção e Limpeza

Para as poltronas mais delicadas, geralmente às versões das áreas internas da casa, as recomendações básicas consistem em não deixar o móvel muito tempo exposto à luz do sol, nem usar produtos químicos para limpar tecido ou couro.

Foto: Divulgação Poltrona floral para receber a primavera na varanda

Foto: Divulgação
Poltrona floral para receber a primavera na varanda

Áreas Externas e Internas

A principal diferença entre as poltronas para esses locais está no tipo de material. Para aquelas que ficam na área externa, é preciso ter resistência ao sol, chuva, poeira, entre outros fatores. A manutenção das peças nessa região também é mais complicada, ainda mais em centros urbanos, em que pegam mais pó e fuligem. No caso da estrutura metálica, há a necessidade de que seja apropriada para não enferrujar, ou se for de madeira deve ser tratada para não estragar, descascar ou apodrecer. Tecidos impermeáveis também são necessários.

Tendências

Entre as tendências do momento, Luiz enumera algumas características preferidas pelos clientes. “Tecidos como couro, algodão e linho vão muito bem em poltronas e são muito solicitados”, lembra Luiz. Além disso, peças com design dos anos 50 e 60, com pés palito, bordas arredondas e design leve também estão voltando para as salas das casas. 

Poltrona sob medida

Para quem busca uma peça personalizada pode recorrer a um serviço muito útil, que consiste na fabricação de um móvel sob medida, como uma alfaiataria. Em casos de pessoas mais altas ou baixas do que a média e os padrões do mercado, a empresa confecciona peças proporcionais ao tamanho (assento e encosto) e que atendam às necessidades do cliente. Outro exemplo é o público da terceira idade, que pode ter mais dificuldade na hora de levantar do estofado. Com a peça feita na medida correta, será possível sentar de forma mais ereta, num assento mais firme e mais alto. Entre muitos outros exemplos com foco no bem estar dos consumidores da marca.

 

Texto: Divulgação || Fotos: Cacá Bratke/ Divulgação
Designer de Imagens: Maristela Kenes Nicoletti


Logotipo (1)


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou? Clique e Compartilhe:

Posts relacionados

Deixe um comentário: