60 ambientes compõem a 25ª CASACOR Minas com o tema Planeta Casa

Gostou? Clique e Compartilhe:

Logo UA Santo André 1


ESTILO ANGÉLICA – O ABC DO MELHOR PARA VOCÊ

 25ª edição da mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo conta com 60 ambientes, assinados por 94 profissionais

Foto: Divulgação Designer de Imagens: Maristela Kenes Nicoletti

Foto: Divulgação || Designer de Imagens: Maristela Kenes Nicoletti

A 25ª edição da CASACOR Minas foi aberta oficialmente nesta semana e segue até 13 de outubro, no Palácio das Mangabeiras. Esta é a primeira vez que o imóvel está sendo aberto para visitação.

O tema apresentado nesta edição é Planeta Casa. A ideia é fazer com que os frequentadores tenham uma reflexão sobre como a nossa relação com o mundo influencia o nosso jeito de morar.

A proposta é apresentar uma série de projetos que reflitam sobre como a casa deve absorver o estilo de vida de seus moradores. Atentos à questão da sustentabilidade, diversos ambientes da mostra foram inteiramente construídos a partir de técnicas capazes de reduzir a geração de resíduos, reduzindo os custos de produção, além do ganho na agilidade do processo construtivo.

A CASACOR Minas conta com 60 ambientes, envolvendo a participação de 94 profissionais do setor. 

O local escolhido para ser sede da mostra deste ano, foi aberto pela primeira vez ao público e faz com que a expectativa do número de visitantes da CASACOR Minas 2019 seja o maior da história do evento.

De acordo com Juliana Grillo, diretora comercial da mostra, cerca de 70 mil pessoas são esperadas ao longo dos 40 dias de visitação. “Estamos radiantes com a oportunidade de comemorar 25 anos da CASACOR Minas em uma das construções mais emblemáticas do estado”, comemora.

Preservação e patrimônio

A proposta é que a CASACOR continue promovendo obras de infraestrutura, restauro, recuperação, manutenção e vigilância do espaço que está sendo ocupado por ela durante o período médio de seis meses ao ano, pelos próximos quatro anos.

Durante a 25ª edição da mostra, o público pode conferir o resultado do trabalho. Uma parte do jardim, já pode ser vista com as espécies originais do projeto, em conformidade com o desenho de Burle Marx. Para Eduardo Faleiro, a mostra é uma oportunidade de abrir a porta de edifícios emblemáticos, que todos têm vontade de conhecer. “Só valorizamos aquilo que conhecemos. Então, temos uma luta muito grande na valorização do patrimônio histórico e consideramos a importância de que a população conheça, entenda a beleza e ajude, de uma forma conjunta, a preservar mais o que ainda nos restou de memória da cidade”, conclui.

Sustentabilidade

A Aterra é responsável pela correta destinação de rejeitos de obra. Todo o material recolhido até o momento está sendo destinado a um aterro de resíduos da Construção Civil – Classe A, que tem como característica reutilizar ou reciclar os sedimentos condicionados. De acordo com o diretor operacional da instituição, Bruno Giovannini, foram recolhidas até o momento 61 toneladas de resíduos, sendo:
70% de entulhos/podas de árvores e plantas 10% de papelão ♦ 8% de metais  12% de outros materiais.
A expectativa é de que até o final da mostra deste ano, quando ocorrerá a desmontagem de todos os ambientes, sejam recolhidas 200 toneladas de rejeitos. Os materiais de revestimentos de parede e pisos serão destinados a projetos sociais.

Sobre o Palácio das Mangabeiras

Inaugurado oficialmente em 1955, o Palácio das Mangabeiras foi construído entre 1951 e 1955 para ser a residência oficial dos governadores de Minas Gerais. A edificação vem sendo utilizada para esta finalidade desde a sua inauguração, ocorrida durante o governo de Juscelino Kubitschek. O projeto paisagístico original é de Roberto Burle Marx.

Localizado aos pés da Serra do Curral, o Palácio segue o estilo modernista e tem uma importância histórica para a política de Minas Gerais, sendo palco de inúmeras reuniões e encontros decisivos. 

Sobre a CASACOR Minas

A CASACOR reúne, anualmente, renomados profissionais. Em 2019 chega à sua 25a edição em Minas Gerais e com mais de 20 eventos nacionais: ♦ Alagoas ♦ Bahia  Brasília  Campinas  Ceará  Espírito Santo  Goiás  Interior de SP  Litoral de SP  Mato  Grosso ♦ Mato Grosso do Sul  Minas Gerais  Pará  Paraná  Pernambuco  Rio de Janeiro  Rio Grande do Norte  Rio Grande do Sul  São Paulo  Santa Catarina e seis internacionais:  ♦ Miami  Peru  Chile  Equador  Bolívia  Paraguai

Serviço
Data: Até 13 de outubro
Local: Palácio das Mangabeiras – Rua Mário Costa Tourinho, s/n – Mangabeiras – BH/MG
Ingressos: R$60 inteira e R$30 – meia /Passaporte(visitas ilimitadas): R$180,00
Vendas na bilheteria ou pelo sitehttps://www.ingresso.casacor.com/
Horários de funcionamento:
De terça a sexta: das 15h às 22h
Sábados: das 12h às 22h
Domingos e feriados: das 12h às 19h

 

Texto e fotos: Divulgação        
Designer de Imagens: Maristela Kenes Nicoletti


Logotipo (1)


 

 

Gostou? Clique e Compartilhe:

Posts relacionados

Deixe um comentário: